Terça-feira, 1 de Março de 2011

Um relato de um rapaz...

"Tudo bem, nós queremos raparigas de boa onda, sexys, sedutoras, bonitas, inteligentes e simpáticas. É MUITO FÁCIL falar, porque quando nos aparece uma assim, de "bandeja", a primeira coisa que nós pensamos é: Ei, dei-me bem! Ficamos com ela uma vez, duas. E depois disso começamos a pensar que esta é a rapariga que as nossas mães gostariam de ter como noras. Se tivermos um relacionamento, vai ser algo estável. Vamos buscá-la á escola, vamos ao cinema, a um bar e vai haver sexo todas as semanas... tudo muito básico, até se tornar uma rotina e perder a graça. Começamos a ver os outros rapazes bem vestidos e bem humorados a rir para as discotecas para engatar miúdas e morremos de inveja, começamos a sentir falta de tudo isso. Pensamos: Acho que não estão pronto para isto, não quero me dedicar o resto da vida neste relacionamento. E a tal rapariga transforma-se numa "MALA", e começamos a sentir um grande nojo dela, uma aversão. Quando vemos o nome dela no ecrã do telemóvel, não temos vontade de atender... JÁ ERA. A promessa de algo estável vai por água a baixo, e se ela não perceber o que se passa, nós começamos a ser secos, muito secos. E ela pensa: O que fiz?? Coitada ela não fez nada, a culpa é mesmo nossa.

Aí voltamos para a nossa rica vidinha, que nós mesmos odiavamos na semana passada. Esperamos ansiosamente a hora de sair para arrasar na noite... ou até engatar aquela gata que sempre quisemos. GRANDE DESILUSÃO chagamos a casa depois dessa noite, sozinhos e ficamos a tentar descobrir porque é que não estamos satisfeitos. De repente percebemos que foi porque a tal gata, a linda, gostosa, misteriosa, que disse "fico contigo" nem sequer pediu o nosso número de telemóvel.

FRUSTAÇÃO apesar de tudo ficamos a pensar na nossa ex-namorada. Ela até podia ter os seus defeitos mas era boa onda, e ficava ao nosso lado a toda a hora a dar-nos valor. E enquanto isso a rapariga, chateada, magoada, não perceber porque é que nós acabamos com ela. E essa dúvida vira ANGUSTIA, que ainda vira raiva, ela manda-nos á PUTA QUE TE PARIU!!!

Não quer saber de mais nada, só de sair, aproveitar, sair, curtir com outros e sair. Resolve não se envolver com mais ninguém, para não sair magoada ou chateada... muito bem, acabamos de criar uma MONTRA! O tempo passa e continua tudo na mesma, continuamos a reclamar da vida e das raparigas. Elas só querem os rapazes "cachorros" e não estão nem aí para nós, ou será que nós é que fomos os tais "cachorros"?

Elas são assim por nossa culpa. A mulher da noite hoje em dia, era uma boa rapariga de outro rapaz ontem, e assim sucessivamente.. provavelmente essa nossa ex-namorada está agora a enlouquecer a cassa de outro rapaz por aí. Perdêmo-la para sempre, ela virou uma rapariga enlouquecedora de cabeças de rapazes, e quando a encontramos na noite, ela? Ela nem olha para nós.. (mas estava mais linda do que nunca)!"

publicado por Isa * às 21:42
| comentar | favoritos? ♥
12 comentários:
De Danz * a 2 de Março de 2011 às 19:04
então qui se passa ? ,x (se quiseres contar claro ... ) Estou aqui se precisares (:


De Danz * a 2 de Março de 2011 às 19:18
se quiseres, olha que eu hoje estou com uma grande paciência ...


De Teresa a 2 de Março de 2011 às 20:24
Obrigadaaa *W*
Apareçe :p


De p;αndяαde. ॐ a 9 de Março de 2011 às 00:56
não podia concordar mais. -.-


De Teresa a 9 de Março de 2011 às 10:35
Conto com a tua visita mais vezes xb

Grande texto!


De Andreia a 9 de Março de 2011 às 12:06
eu também quero deixar crescer mas acabo sempre por roer xD


De Danz * a 9 de Março de 2011 às 13:19
então falamos por onde ? ;x
beijos *


De Danz * a 16 de Março de 2011 às 19:04
LOL xb


De Isa * a 17 de Abril de 2011 às 00:05
xD


De p;αndяαde. ॐ a 16 de Março de 2011 às 20:07
nada que agradecer. :)
beijinhos.


De meisiza a 7 de Maio de 2011 às 20:55
Não sei se onde foste arranjar esse texto, mas gostei imenso...

Não sei bem o que é sentir o que está aí relatado, se calhar até sei.. Mas Prefiro pensar que não.

***


De Isa * a 12 de Maio de 2011 às 11:17
oh obrigada querida :P
Pois, não sei, muitas passaram já por isto.
beijos


Comentar post

"Existem pessoas que não se tornam especiais pela maneira de ser, ou de agir, mas pela profundidade com que atingem os nossos sentimentos"